É tudo mentira

Eu quero acordar ao teu lado e te matar às 18 horas.
Quero te beijar em meio às tempestades e amarrar tuas tripas na porta.
Quero ser tua e te lançar aos leões famintos.
Quero abraçar tuas costas e nunca mais ter que olhar para teu rosto.

Quero amar-te infinitamente e te ver secando à luz do Sol.
Eu vou secar tua sede e atirar em teu peito.
Quero transar com você durante todo o dia e não te ver por uma vida.
Quero abraçar tuas costas e nunca mais ter que beijar teus lábios.

Vou arranhar tuas costelas de tanto tesão e cortar teu pescoço pelo rancor.
Vou chorar quando você partir e me alegrar quando você não voltar mais.
Quero secar minha sede em teu templo e te fazer comer areia pelo resto dos teus dias.
Quero abraçar tuas costas e nunca mais ter que ouvir tuas mentiras.

É tudo mentira baby.
O verde, o vermelho e o verão.
É tudo mentira baby.
Nunca houve verdade nisso.
É tudo mentira... E é tudo.

2 comentários:

  1. Pessoa sem musicalidade3 de março de 2011 08:40

    Sentir é um paradoxo.

    ResponderExcluir
  2. O pagador de promessas3 de março de 2011 20:37

    Ah, eu não me esqueci da marginal.
    Espere que você terá a imagem.
    Beijos.

    ResponderExcluir